Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de abril de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 20).

Possibilitada a recuperação judicial do Figueirense



O Tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu ontem (18) que o Figueirense Futebol Clube pode se submeter à recuperação judicial. É a primeira situação assim de um clube de futebol do Brasil.

Fundado em 12 de junho de 1921 – a três meses de alcançar seu centenário - é a segunda agremiação futebolística mais antiga de Santa Catarina em atividade, com 18 títulos do Campeonato Estadual e o maior número de participações de um clube catarinense na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, foi inclusive vice-campeão da Copa do Brasil em 2007.

A dívida total é de R$ 165 milhões, sendo R$ 100 milhões referentes a dívidas trabalhistas, fornecedores, empréstimos e indenizações cíveis. A receita, que já foi de R$ 30 milhões em 2016 caiu para R$ 9 milhões em 2020. E com o rebaixamento para a Série C a situação ficou ainda mais crítica.

A decisão do desembargador Torres Marques foi divulgada no início da noite de ontem (18). Com o provimento do agravo de instrumento, o pedido de recuperação volta à análise do juiz em primeira instância. “Ante o exposto, desconstituo, de ofício, a sentença apelada e, nesta ocasião, reconheço a legitimidade ativa do clube e determino o retorno dos autos à origem para regular processamento e implementação da análise integral dos termos da tutela requerida em caráter antecedente” – diz parte da decisão que deferiu o efeito suspensivo ao recurso.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Notícias Relacionadas

A correção monetária pelo IPCA e não mais pelo IGP-M

Liminares reduzem o valor dos alugueis em centros comerciais. Uma decisão favorece restaurante que é locatário no Shopping Bourbon, em Porto Alegre. Julgados semelhantes foram concedidos para favorecer inquilinos do Shopping Iguatemi, em São Paulo.

Imagem Ecomax-Cdi.com.br

O Dia Mundial da Incontinência Urinária

 

O Dia Mundial da Incontinência Urinária

Apesar de serem pouco falados, os LUTS (Sintomas do Trato Urinário Inferior) são comuns na população, afetando 59% das mulheres e 40% dos homens acima dos 40 anos. O impacto decorrente do "aperto" por que passou um árbitro de futebol, durante partida da Copa do Brasil, na quinta-feira.