Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 23 de julho de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 27).
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Lula diz que “quem subtraiu da Petrobras foram os funcionários da empresa”



Pinterst/Arte EV

Imagem da Matéria

  • Mea culpa, jamais

Lula ainda não conseguiu fazer um mea culpa. Na entrevista para Reinaldo Azevedo, na Band News, o ex-presidente disse que os diretores do PT, que ele colocou na Petrobras, não roubaram da estatal e que “quem subtraiu da empresa foram os funcionários de carreira”.

Faltou dizer que o grosso do dinheiro que tais funcionários desviaram foi para os partidos da base, inclusive o PT.

A propósito, Lula não falou. Mas o apresentador também perdeu uma ótima oportunidade para perguntar.

  • Sem céu de brigadeiro

Em março, as empresas aéreas brasileiras continuaram reduzindo suas malhas de voos domésticos. Foram 1.177 decolagens nacionais - ou 49% do número médio registrado na pré-pandemia. Os números inéditos são da Abear, a associação que congrega Azul, Gol, Latam e outras.

Este mês vai piorar. Estão previstos apenas 960 voos; são somente 40% do que as empresas voavam antes de o coronavírus chegar.

  • Pensando em turismo?

As viagens têm dado mais incômodos aos consumidores. É o que indicam os registros na plataforma consumidor.gov, ferramenta da Secretaria Nacional do Consumidor.

Em janeiro e fevereiro deste ano foram 7.807 reclamações sobre viagens, turismo e hospedagem, aumento de 606% em relação ao mesmo período de 2020.

O maior número de queixas (1.801) busca indenizações/devoluções que deixaram de ser feitas por empresas contratadas.

  • Vai uma gelada?

O senador Jorginho Mello (PL-SC) apresentou projeto de lei para autorizar expressamente clubes de futebol a estampar marcas de bebidas alcoólicas em seus uniformes. O trecho seria incluído na Lei nº 9.294/96) que trata da propaganda desses líquidos. Para Jorginho, os times brasileiros estão perdendo a oportunidade de conseguir patrocínio de empresas de bebidas.

Na justificativa (?) o senador diz que o Conar erra ao recomendar que não se divulgue marcas de bebidas nas camisas, pois “a publicidade não deverá induzir ao consumo exagerado ou irresponsável”.

  • Buscando saúde!

O Mercado Livre, um dos maiores sites de comércio eletrônico da América Latina, compilou informações sobre as tendências de consumo em 2020.

A categoria “Saúde” foi o grande destaque, registrando um aumento de 200% na quantidade de pedidos, quando comparada com 2019. O levantamento foi feito em parceria com o Mercado Ads.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem: iStock/Getty Images

 A boa-fé, às vésperas da morte

 

A boa-fé, às vésperas da morte

  • Interessante decisão do STJ sobre tutela antecipada a uma idosa acometida de mal de Alzheimer.
  • Decisão do TRT/RS: babá sem vínculo empregatício.
  • Quer vender seu precatório? Fique de olho...
  • Sua Excelência versus Sua Excelência.
  • Três momentos importantes para a Bic de Jair Bolsonaro.
  • A pobreza menstrual no Brasil.
  • Uniformização para aposentadoria.

Edição EV sobre foto Visual Hunt

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

 

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

  • Com a inclusão de cinco novos nomes, o rol completo já chega a 63 bacharéis que estão proibidos de advogar.
  • Nova Lei Federal nº 14.164 inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.
  • Juiz faz papel de babá, durante júri popular: cuidados especiais com a neta de uma testemunha importante.
  • STF nega ação direta de inconstitucionalidade contra dispositivos que impedem membros do Judiciário e do Ministério Público de também serem advogados.
  • O maior número de divórcios no Brasil, em todos os tempos.
  • Nova lei federal (nº 14.164/2021) inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.

Imagens: AG News/ Hypeness

Datena indenizará Xuxa por ofensas em rede social

 

Datena indenizará Xuxa por ofensas em rede social

  • Segundo o acórdão do TJ-SP, o apresentador “tem pleno domínio do vernáculo e da linguagem popular, conhecendo muito bem o potencial ofensivo da expressão”.
  • Anvisa analisa dois pedidos de cartões “anti-Covid”.
  • Leiloada por R$ 118,8 milhões a sede histórica da Editora Abril, em São Paulo.
  • XP será a patrocinadora milionária do Comitê Olímpico Brasileiro.