Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de maio de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 18).
https://espacovital.com.br/images/jus_azul_especial_cigarra_2.jpg

Novo Dicionário da IVI: derrota é “NÃO VITÓRIA”



Imagem PNG Egg - Edição EV

Imagem da Matéria

A novilíngua é uma criação do regime político retratado por Orwell (o George) no livro 1984. O Ministério da Guerra era chamado de Ministério do Amor. Entenderam?

A IVI fundou uma novilíngua de há muito. Vejam alguns termos do Dicionário IVI.

Dívida: é aquilo que um clube, que não o Inter, tem de passivo; por exemplo, dívida quem tem é o Atlético Mineiro; o Inter tem apenas “desajustes contábeis”.

Derrota: é decorrente de um jogo que o Grêmio teve; no caso do Inter, derrota é não vitória.

Segundona: é o que o Grêmio disputou (2005) após cair do Campeonato Brasileiro (2004); no caso do Inter, o que houve foi uma reclassificação do time para o Brasileirão série B.

Liderança: é aquilo que, mesmo por algumas horas, é conquistada por um time que tem mais pontos, no caso, o Inter, mesmo que tenha partidas a mais; no caso do Grêmio, liderança quer dizer “vitória com sofrimento”. Ou, como consta na ZH do dia 19 de abril: “Vitoria e Classificação”.

Chegar em segundo lugar: serve para o Grêmio; no caso do Inter, é “o time ficou na frente de 18 adversários no campeonato brasileiro”.

Acidente causado por jogador da dupla: se for do Grêmio, é “ex-tricolor foge depois de bater”; no caso do Inter, é apenas atleta brasileiro bate com o carro e foge.

Guerreiro: sinônimo de jogador do Inter que é predestinado.

Custo de jogador: se for contratação do Inter, é “custo zero” (mesmo sendo R$ 25 milhões); se for do Grêmio, somam-se até o valor do FGTS e auxílio-lanche.

Derrota IIse for em La Paz, o significado é “Inter perdeu para a altitude”.

Semifinais do Gauchão: “Inter enfrenta time da série A; Grêmio, série C”.

-----

Post scriptum 1: Preocupa-me sobremodo o time do Grêmio. Muitos jogadores medianos. Espero que o Grêmio não se acostume com a Sul Americana. Enquanto isso, o Inter - que, ao contrário do Grêmio que tem superávit - está literalmente sacando grana no vermelho, continua gastando.  Espero que o Grêmio não esteja só preocupado em pagar títulos; melhor do que pagar títulos é ganhá-los! 

Post scriptum 2: Os treinadores de goleiros sumiram? Só pode. Aliás, não houve treinadores de goleiros no tempo de Renato. Se existissem, teriam visto Breno. Se não viram, então são burros. Simples assim.  Perdemos a Copa do Brasil e a Libertadores por causa de falhas de goleiros... e tínhamos Breno em casa. Não na Casa. Em casa, porque nem no banco ficava. Duplo bah!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor