Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, sexta-feira, 18 de junho de 2021.
(Próxima edição: terça-feira, 22).
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Desenhos situacionistas sobre a sucessão de dezembro do TJRS



Durante esta semana, o Espaço Vital conversou, por telefone e via WhatsApp, com o desembargador Tasso Caubi Soares Delabary. Ele  será um dos candidatos à presidência do TJRS nas eleições da segunda quinzena de dezembro.

Primeiro, ele ligou para informar que sua chapa (e de seus colegas Marilene Bonzanini, Jayme Weingartner Neto, Heleno Tregnago Saraiva e Eduardo Uhlein) “não expressa oposição ou desalinhamento à gestão em curso, no TJRS, que tem merecido admiração e aplausos”.

- É uma chapa de situação? – perguntou o editor Marco Antonio Birnfeld.

A resposta do magistrado: “Somos um grupo independente que apresenta uma proposta que implica em dar continuidade aos muitos acertos e incrementar com a visão própria do contexto e do futuro, com ênfase na inovação”.

  • A ação danosa dos hackers (1)

Num segundo contato, na quarta-feira, foi do Espaço Vital a iniciativa de pedir que o magistrado Delabary escrevesse, para a edição de hoje, sobre o seguinte tema: “Cuidados e compromissos para evitar a ação danosa de hackers”.

Ele agradeceu, mas declinou do convite.

Sua resposta: “Neste momento, no auge da grave crise do Poder Judiciário Gaúcho, face ao ataque cibernético e à paralisação da atividade jurisdicional - que demanda intenso e complexo trabalho desenvolvido pela administração - não julgo seja oportuno e ético, no quadro atual, emitir qualquer juízo sobre a questão, ainda que fosse de uma maneira abstrata. Agradeço ao honroso convite do Espaço Vital, relegando para uma outra oportunidade, se assim for do interesse da editoria”.

  • A ação danosa dos hackers (2)

Semelhante contato foi feito no mesmo dia com a outra chapa, por meio do desembargador Giovanni Conti, pedindo-se que ele, ou um de seus colegas de campanha (Iris Helena Nogueira, Alberto Delgado Neto e Lisete Andreis Sebben), escrevessem sobre “Cuidados e compromissos para evitar a ação danosa de hackers”.  

O artigo foi enviado à redação do EV ontem às 12h – e tem a assinatura da candidata a presidente. Ela prega o “comprometimento com a recuperação urgente dos sistemas afetados, para permitir o retorno da fluência dos prazos processuais e da rotina normal de trabalho”.

O grupo também é de situação, faltando definir o nome para uma das vice-presidências.

Seu texto pode ser acessado nesta mesma edição do EV. Basta clicar aqui.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem: iStock/Getty Images

 A boa-fé, às vésperas da morte

 

A boa-fé, às vésperas da morte

  • Interessante decisão do STJ sobre tutela antecipada a uma idosa acometida de mal de Alzheimer.
  • Decisão do TRT/RS: babá sem vínculo empregatício.
  • Quer vender seu precatório? Fique de olho...
  • Sua Excelência versus Sua Excelência.
  • Três momentos importantes para a Bic de Jair Bolsonaro.
  • A pobreza menstrual no Brasil.
  • Uniformização para aposentadoria.

Edição EV sobre foto Visual Hunt

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

 

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

  • Com a inclusão de cinco novos nomes, o rol completo já chega a 63 bacharéis que estão proibidos de advogar.
  • Nova Lei Federal nº 14.164 inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.
  • Juiz faz papel de babá, durante júri popular: cuidados especiais com a neta de uma testemunha importante.
  • STF nega ação direta de inconstitucionalidade contra dispositivos que impedem membros do Judiciário e do Ministério Público de também serem advogados.
  • O maior número de divórcios no Brasil, em todos os tempos.
  • Nova lei federal (nº 14.164/2021) inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.

Imagens: AG News/ Hypeness

Datena indenizará Xuxa por ofensas em rede social

 

Datena indenizará Xuxa por ofensas em rede social

  • Segundo o acórdão do TJ-SP, o apresentador “tem pleno domínio do vernáculo e da linguagem popular, conhecendo muito bem o potencial ofensivo da expressão”.
  • Anvisa analisa dois pedidos de cartões “anti-Covid”.
  • Leiloada por R$ 118,8 milhões a sede histórica da Editora Abril, em São Paulo.
  • XP será a patrocinadora milionária do Comitê Olímpico Brasileiro.