Ir para o conteúdo principal

Espaço Vital, terça-feira, 07.12.
(Próxima edição: sexta-feira, 10.12)
https://espacovital.com.br/images/smj.jpg

Datena indenizará Xuxa por ofensas em rede social



Imagens: AG News/ Hypeness

Imagem da Matéria

  • Garota de programa (infantil)

A 6ª Câmara de Direito Privado do TJ de São Paulo condenou o apresentador José Luiz Datena a pagar uma indenização de R$ 50 mil à apresentadora de televisão Maria das Graças Xuxa Meneghel. Ela foi chamada de "garota de programa" e "imbecil" por conta das críticas que fez a Joel Datena, filho de José Luiz.

Na ocasião, Xuxa teria reagido a um comentário de Joel que, durante uma reportagem sobre uma criança de dez anos que foi pega dirigindo o carro da mãe, disse que, se o menino fosse seu filho, iria puni-lo fisicamente.

"Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformada? Uma criança não deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei", escreveu Xuxa em suas redes sociais. As informações são do Consultor Jurídico.

Datena (pai) por sua vez, reagiu à crítica de forma contundente. "Olha, pra dizer a verdade, uma das poucas vezes em que eu quis dar umas palmadas no meu filho Joel (e foram bem poucas), é quando ele assistia aquela garota de programa, infantil, que cresceu e continua infantil. E, além disso, imbecil".

A defesa do apresentador da Band argumentou que no vídeo ele não cita Xuxa nominalmente. Mais: que usou a "garota de programa infantil" em referência ao histórico de Xuxa no comando de programas para crianças. O adjetivo "imbecil" teria sido usado para demonstrar a falta de maturidade da apresentadora.

O desembargador Enéas Costa Garcia, relator, afastou os argumentos de Datena. "O requerido é jornalista experiente, tem pleno conhecimento do significado das palavras e de sua repercussão na mídia. Tem pleno domínio do vernáculo e da linguagem popular, conhecendo muito bem o potencial ofensivo da expressão", pontuou.

O magistrado ainda sustentou que é desculpa "afirmar que uma pausa de inflexão teria o condão de desassociar a expressão 'garota de programa' do seu conteúdo ofensivo”. O entendimento do relator prevaleceu, mas o valor da indenização foi diminuído de R$ 75 mil para R$ 50 mil.

  • Ação virucida

É virucida mesmo! A Anvisa está analisando dois pedidos de registro de “cartões anticovid”. Eles serviriam para, ao toque digital,

proteger - e curar - em poucos minutos, quem está infectado.

Segundo a agência, “são cartões impregnados com determinada substância que – segundo os pretendentes ao registro - teria ação virucida”. Como os processos são sigilosos, os nomes dos requerentes não são divulgados.

  • A propósito

Virucida é qualquer agente físico ou químico que desativa, neutraliza ou destrói vírus.

Refere-se geralmente a um produto de limpeza ou desinfetante, pois essencialmente difere de um medicamento antiviral, ou seja que inibe a proliferação de um vírus num processo infeccioso.

  • Leilão de 118 mi

Leiloada na semana passada por R$ 118,8 milhões, a sede histórica da Editora Abril, na Marginal Tietê, em São Paulo, foi comprada pela Marabraz. Esta é uma rede varejista de móveis, materiais de construção e utilidades domésticas. O leilão fez parte do plano de recuperação judicial da Abril. O conjunto de prédios será transformado em galpões logísticos.

O local fora inaugurado em 1968, no início das atividades da revista Veja. Ali, durante mais de 50 anos, eram impressos dezenas de títulos simultaneamente; e por décadas estavam instaladas as redações dessas revistas.

  • Coisas de milhões

O Comitê Olímpico Brasileiro - que é a entidade máxima do esporte no Brasil - anunciou ontem (24) a XP Inc. como o seu novo patrocinador máster para os Jogos Olímpicos de Tóquio e da França.

Em volume (não revelado) de dinheiro será o maior patrocínio da história da entidade.

A XP é uma empresa brasileira de gestão de investimentos; atende clientes no Brasil e tem escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, New York, Miami, Ilhas Cayman, Londres e Genebra.

Atualmente com aporte de capital inglês, ela teve origem em Porto Alegre em 2001. Foi criação de Guilherme Benchimol e Marcelo Maisonnave, batizada de XP Investimentos CCTVM S.A. como “empresa de agentes de investimento independentes”. 

  • Rexona político

Tucano desde a fundação do PSDB, há 33 anos, Geraldo Alckmin tem conversado com o PDT.

“Sempre cabe mais um quando...” – lembram daquele comercial de desodorante?


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Ricardo Manhães/Portal ND Mais

 Cachorros não têm legitimidade passiva para figurar no polo passivo de ação de rescisão

 

Cachorros não têm legitimidade passiva para figurar no polo passivo de ação de rescisão

  • Uma alfinetada, no acórdão, aos advogados que quiseram postular em nome de 30 espécimes caninos.
  • A inflação da cerveja nos últimos 12 meses.
  • Está mais barato comprar carne brasileira na Florida (EUA) e na China.
  • Condenação de Roberto Jefferson por ofensas contra Eduardo Leite.
  • Terapias a serem pagas por planos de saúde não têm limites. Decisão é do STJ.

Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná.

STJ restringe ordem judicial de entrega de dados pelo Google

 

STJ restringe ordem judicial de entrega de dados pelo Google

  • Et cetera... Juiz gaúcho determinara que a gigante estadunidense enviasse informações de qualquer pessoa que tenha transitado no raio de 500 metros do local onde houve violação de caixas eletrônicos de um banco.
  • STF encerrou o julgamento referente ao Tema nº 942: o direito dos servidores públicos de converter o tempo especial em tempo comum.
  • Cardápios inconvenientes, Brasil afora: a margarina ganha disparada.

Imagem: iStock/Getty Images

 A boa-fé, às vésperas da morte

 

A boa-fé, às vésperas da morte

  • Interessante decisão do STJ sobre tutela antecipada a uma idosa acometida de mal de Alzheimer.
  • Decisão do TRT/RS: babá sem vínculo empregatício.
  • Quer vender seu precatório? Fique de olho...
  • Sua Excelência versus Sua Excelência.
  • Três momentos importantes para a Bic de Jair Bolsonaro.
  • A pobreza menstrual no Brasil.
  • Uniformização para aposentadoria.

Edição EV sobre foto Visual Hunt

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

 

OAB/RS atualiza a relação de advogados excluídos

  • Com a inclusão de cinco novos nomes, o rol completo já chega a 63 bacharéis que estão proibidos de advogar.
  • Nova Lei Federal nº 14.164 inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.
  • Juiz faz papel de babá, durante júri popular: cuidados especiais com a neta de uma testemunha importante.
  • STF nega ação direta de inconstitucionalidade contra dispositivos que impedem membros do Judiciário e do Ministério Público de também serem advogados.
  • O maior número de divórcios no Brasil, em todos os tempos.
  • Nova lei federal (nº 14.164/2021) inclui conteúdo sobre a prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica.