Ir para o conteúdo principal

Porto Alegre, terça-feira, 3 de agosto de 2021.
(Próxima edição: sexta-feira, 6).
https://espacovital.com.br/images/romance_forense.jpg

As buzinadas no motel



Charge de Gerson Kauer

Imagem da Matéria

O advogado Ronaldo Sindermann recorda para o Espaço Vital uma gostosa história que faz parte dos anais da “rádio-corredor” advocatícia. Assim, relata que um operador do Direito estava cometendo adultério com uma garota em um motel. De repente, toca o celular e, sem pensar, o hóspede comete o erro de atender. Quem está ligando é a esposa dele.

- Onde tu estás? Eu liguei para o teu gabinete e disseram que, depois da audiência, tinhas saído...

- Estou no trânsito!

- Então, buzina que eu quero ouvir.

- Querida estou na frente do complexo hospitalar da Santa Casa, aqui na Rua Professor Annes Dias.

- E daí?...

- Aqui é proibido buzinar.

Entrementes - nu - o douto vai descendo as escadas, rumo à garagem do apartamento, em direção ao seu veículo estacionado.

- Então, assim que passares a Santa Casa, o Hospital São Francisco, o Dom Vicente Scherer e o Santo Antonio, buzina que eu quero ouvir - diz a esposa, quase ordenando.

Vinte segundos depois, já dentro do veículo, o adúltero aciona a chave da ignição e responde aliviado:

- Querida, agora já posso buzinar. Estou na Avenida Independência, passei o Colégio Rosário, e estou quase chegando à esquina da Barros Cassal.

Então, ele firma o dedo na buzina: bip, bip ,bip, bip, bip, bip... - e por aí se vai. Escuta, então, uma amorosa fala:

- Perdão, amor, por eu ter duvidado. Não precisavas ter buzinado tanto. Cuidado com os azuizinhos!

Ligação encerrada, o homem sobe de volta ao aposento, onde a acompanhante é solidária para que ele desista do restante da jornada de Eros.

Na saída, hora de pagar a conta, o recepcionista do hotel, faz um pedido: “Entendo que talvez o senhor tivesse se emocionado com alguma coisa. Mas, lembro que, em respeito aos demais hóspedes e à vizinhança, não é permitido buzinar em nosso estabelecimento”...

Atualmente, o douto está nas instâncias superiores.


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Charge de Gerson Kauer

Garantia fundamental sexual

 

Garantia fundamental sexual

A câmara cível foi humana - e o acórdão, generoso. E determinou o fornecimento, pelo Estado, a um cidadão de 41 de idade, do andrógeno e esteroide anabólico que é usado no tratamento de baixos níveis de testosterona em homens.

Charge de Gerson Kauer

Expedito, o pinto do padre

 

Expedito, o pinto do padre

O erudito desembargador lecionava num curso para formação de magistrados. Aos doutos alunos exortou que - quando ingressados na profissão - se relacionassem polidamente com os advogados, com a imprensa, e principalmente com a sociedade – “que em última análise é a empregadora da magistratura”. E contou a história do padre que estava à procura de seu pinto...

Charge de Gerson Kauer

A esposa demitida...

 

A esposa demitida...

Na conjunção de uma união estável e de apoio no consultório do dentista Romualdo, a convivente Dulcinéia tentou obter o reconhecimento de uma união estável que teria durado uma década... Mas não conseguiu os reflexos da “boca rica”...  

Charge de Gerson Kauer

O anjo do voo JJ-3054

 

O anjo do voo JJ-3054

O caso do empresário (casado) que escapou da morte no voo trágico que explodiu em Congonhas. Ele safou-se porque – trocando a reserva do voo de ida – optou por desfrutar horas de prazer na companhia da namorada porto-alegrense.

Charge de Gerson Kauer

Um saboroso Risoto Especial Judicial

 

Um saboroso Risoto Especial Judicial

Era uma ação de indenização por dano moral decorrente de ofensas postadas na internet. E de repente, na penúltima folha da petição de recurso especial, lá estava: “Risotto judiciaire au fromage et à la tomate”. A receita era apropriada para seis pessoas.