Ir para o conteúdo principal

Nossa próxima edição será postada na terça-feira 1º de fevereiro de 2022
https://espacovital.com.br/images/201811081626490.jpg

Quem entrega e para quem?



Chargista Duke – www.domtotal.com

Imagem da Matéria

São várias as opiniões acerca do modelo de pontos corridos para definir o Campeonato Brasileiro. Estou entre aqueles que defendem o modelo, pois com ele há, no curso da competição, disputas que não se limitam ao título. A mais eletrizante é a definição de que cairá ou não para a segundona.

Adrenalina, nervos à flor da pele, olho na tabela, na estatística e um pé fincado na fantasia.

Os gremistas muitas vezes agem como se o Flamengo, conduzido pelo Renato (gaúcho/carioca), fosse uma linha auxiliar, como se a sua vinculação com o tricolor autorizasse entregar o jogo quando conveniente.

Será?

Creio que não, embora a estátua erguida na Arena com o homenageado vivinho da silva.

Atletas e técnicos são profissionais e mesmo considerando os vínculos afetivos, prestam contas aos seus contratantes. A tal entrega do jogo subverte o comando do vestiário e autoriza, em outras circunstâncias, que os comandados possam fazer o mesmo segundo os seus interesses.

Se o general pode afrouxar para o inimigo, o mesmo poderão fazê-lo o sargento e o soldado.

O futebol está repleto de crendices que, via de regra, não se sustentam pelos fatos.

Mas é a tal da “mala preta” – que também pode ter outra cor?...


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem Segredos do Mundo

Final de ano

 

Final de ano

“Neste período de reconstrução do futebol não há muito a dizer. O Inter está pondo em prática o tal planejamento do ´novo no futebol´. O Grêmio tem uma possibilidade de reaglutinar a torcida, abandonar a arrogância da imortalidade e com humildade fazer do limão uma limonada”.

Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

A Jus esverdeada

 

A Jus esverdeada

“Aqui a cor é vermelha! Não estou indicando mais uma possibilidade no modismo que tomou conta do marketing do Internacional, ou seja, de que a próxima camiseta colorada - a caça níquel - será verde".

Ricardo Duarte/Inter

O Gre-Nal termi-Nal...

 

O Gre-Nal termi-Nal...

O clássico de sábado (6) foi marcante pelo resultado, pois os times jogaram alterando momentos ruins e bons. O gol da vitória colorada fez justiça. E o Grêmio enfrentará pela terceira vez a segunda divisão do futebol brasileiro. Ela não é fácil!”

Joel Vargas/PMPA

Cheiro de Gre-Nal

 

Cheiro de Gre-Nal

“É primavera, mas estou entre aqueles que imaginam que nossa cidade foi concebida para o outono. É na estação em que ela adquire um colorido todo especial. O Gre-Nal já está no horizonte e pode valer muito para a dupla”.