Ir para o conteúdo principal

Nossa próxima edição será postada na terça-feira 1º de fevereiro de 2022
https://espacovital.com.br/images/201811081626490.jpg

Um time cansado



Felix Zucco – Google imagens

Imagem da Matéria

No domingo (28), após o confronto com o fraquíssimo Santos, busquei os comentários no rádio. O mais contundente foi o de um comentarista que afirmou que o Inter tem um time cansado, mas não fisicamente.

O time cansou das trapalhadas dessa direção que, ao longo do seu período, não ganhou nada e protagonizando grandes trapalhadas.

Não separo a gestão Marcelo Medeiros da gestão Barcellos, pois estavam juntos – colados -.

Barcellos patrocinou na vice-presidência de finanças uma administração pífia e no futebol algo ainda pior. Garganteou mundos e fundos: planejamento, profissionalização, reorganização da base e o resgate de um patamar relevante.

Contratou um técnico que foi anunciado como promissor e sustentou a contratação perigosamente, enquanto tocava em frente o Abelão.

Acumulou derrotas em Gre-Nais e regionais, encerrando apontando ao torcedor como maior êxito, ter chutado “cachorro morto”.

O vestiário também cansa, também percebe a insuficiência e o improviso de quem dirige. O episódio Paulo Paixão, mesmo que inadequado pela forma, revelou o que ocorre nas entranhas do futebol vermelho.

Já disse e repito: o homem não é do ramo. Fez carreira na política partidária, conhece muito pouco da trajetória do Inter, pois não estava lá quando das grandes conquistas.

Os assuntos do coirmão são do coirmão e não nossos. Não me basta a flauta.

Há imensos vazios na gestão do colorado, pois ao que tudo indica o ajuntamento dos grupos visava apenas a vitória – até hoje nebulosa..  Não há projeto algum e tudo indica que o próximo ano será amargamente perigoso.

Falta muito para o Internacional retomar o destaque que ostentou regional, nacional, continental e mundialmente.

Assim como a escandalosa manipulação promovida nas redes sociais no período da eleição, a atual direção do Inter é fake!


A PALAVRA DO LEITOR

Se você quiser esclarecer, comentar, detalhar, solicitar correção e/ou acréscimo, etc. sobre alguma publicação feita pelo Espaço Vital, envie sua manifestação.

Mais artigos do autor

Imagem Segredos do Mundo

Final de ano

 

Final de ano

“Neste período de reconstrução do futebol não há muito a dizer. O Inter está pondo em prática o tal planejamento do ´novo no futebol´. O Grêmio tem uma possibilidade de reaglutinar a torcida, abandonar a arrogância da imortalidade e com humildade fazer do limão uma limonada”.

Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

A Jus esverdeada

 

A Jus esverdeada

“Aqui a cor é vermelha! Não estou indicando mais uma possibilidade no modismo que tomou conta do marketing do Internacional, ou seja, de que a próxima camiseta colorada - a caça níquel - será verde".

Chargista Duke – www.domtotal.com

Quem entrega e para quem?

 

Quem entrega e para quem?

“Atletas e técnicos são profissionais e mesmo considerando os vínculos afetivos, prestam contas aos seus contratantes. A tal entrega do jogo subverte o comando do vestiário e autoriza, em outras circunstâncias, que os comandados possam fazer o mesmo segundo os seus interesses”.

Ricardo Duarte/Inter

O Gre-Nal termi-Nal...

 

O Gre-Nal termi-Nal...

O clássico de sábado (6) foi marcante pelo resultado, pois os times jogaram alterando momentos ruins e bons. O gol da vitória colorada fez justiça. E o Grêmio enfrentará pela terceira vez a segunda divisão do futebol brasileiro. Ela não é fácil!”

Joel Vargas/PMPA

Cheiro de Gre-Nal

 

Cheiro de Gre-Nal

“É primavera, mas estou entre aqueles que imaginam que nossa cidade foi concebida para o outono. É na estação em que ela adquire um colorido todo especial. O Gre-Nal já está no horizonte e pode valer muito para a dupla”.